RSS

Halachot de como construir a sucá – Tradição bnei anussim – Festa de sucot tabernáculos

08 out

BS”D

Shal’m a todas as famílias de judeus e descendentes de judeus Sefaradim. É excelente receber e-mail onde mais famílias reuniram-se para celebrar de fato o Sagrado e Bendito Seja Ele.

Mais e mais perguntas me chegam de diferentes temas deste a tradição origem e ainda mais além. Sinto-me previlegiado de ter o mérito de poder ser a vós das novas gerações de bnei anussim, já que as antigas gerações ainda insistem em não mostrar-se para o mundo, ou vivem um confuso modo judaico-misto de viver.

Bem, nestes artigos não tratarei da tradição familiar sefaradi de grupos e famílias especificas, tratarei somente do conhecimento que chegou até a Halacha pura e simples sobre essa linda e maravilhosa festa.

Trataremos agora da Halacha, ou das Halachot da festa de sucot (Sukkot ou Sukot), para os sefaradim.

Siman 134: A Sucá!

Halacha. 1 – Construir a Sucá, embelezá-la e fazer isso pessoalmente

“Você tem Zechut (Mérito) ao construir a sucá [cabana] logo após o Iom Kipur, ainda que [esse dia] caia na sexta-feira. A razão é para não deixar “fermentar” um mandamento que está em nossas mãos cumprir. É preciso escolher um local limpo para construir a sucá.”

Benlev Ben Baaldory: – Além de escolher bem o local que seja limpo e longe de lugares onde possa vir mal cheiro, conforme prescrito na halacha de rezas, devemos escolher um lugar onde possamos ver as estrelas, como veremos a frente.

“É meritório que cada um participe da montagem da sucá e da colocação do sechach, até mesmo uma pessoa ilustre, já que a honra aqui é ocupar-se pessoalmente em cumprir um mandamento.”

Benlev Ben Baaldory: Sechach é a peça de telhado usado algumas vezes também como paredes para a sucá, algumas opiniões dizem que somente a sechach já é suficiente para cobrir a sucá e cobri-la sem que encubra as estrelas, porém há opiniões que usam somente folhagens. O mais proeminente e homem da comunidade deve descer de seu posto e encarar-se, especialmente nesta festividade como servo.

“A princípio, seria correto proferir a bênção de Shehecheiânu ao construir a sucá. [A razão para não recitá-la] é por nos apoiarmos na bênção de Shehecheiânu que será proferida no Kidush [de Sucot].

A pessoa deve montar uma sucá bonita e enfeitada, decorando-a com objetos e tapetes atraentes, cada qual segundo suas posses.”

Benlev Ben Baaldory: Aos que t6em o costume de enfeitar com fotos de rabanim proeminentes das gerações anteriores, é importante separar também um espaço para seus pais, caso more com eles ou se eles festejarem com você. É importante também lembrar-se do Rav, ou o professor que lhe ensinou ou lhe ensina torah em sua geração isso para que ninguém sinta-se mal dentro da sucáh. Caso só haja seus familiares na sucah é importante dar carinho a eles de maneira igual, porém caso haja alguém de fora de sua família direta na sucá, é proibido expressar carinho para que ninguém sinta-se mal por não ter filhos, esposa, marido ou pais, isso dentro da sucá.

 Benlev Ben Baaldory (בנלב בן  בעלדורי):

 

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em outubro 8, 2014 em Sem Categoria

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: