RSS

22 set

O Rosh hashanah é bem mais do que uma festividade de ano novo judaico.

Pessoas vez ou outra me perguntam o porque no judaísmo temos dois anos novos. Pela Torah escrita temos o Rosh chodesh aviv. Que o Sagrado e Bendito seja Ele nos deu como o cabeça dos meses do ano. Por outro lado temos um ano novo que é marcado meses depois do primeiro. Porém judeus do mundo todo só comemoram o Rosh hashanah como ano novo. Porque?

Isso não é uma verdade absoluta. Dentre judeus ortodoxos ou religiosos observantes da Sagrada Torah, por exemplo,  há sim comemoração de Aviv como o ano novo, porém a conotação de Rosh Chodesh Aviv, mês iniciado na da primavera do emissário norte, é o princípio dos meses para o calendário religioso. Também é considerado o inicio do ciclo da observância das mitzvot (mandamentos sagrados).

Mas não é estranho temos dois “anos novos”? Sim seria completamente estranho se esse conceito de ano fosse dentro do entendimento moderno ocidental de fora de Israel. Rosh hashanah, significa “Rosh”, cabeça  e “hashanah”,  da repetição.

Ok. Entendemos que é a cabeça da repetição, mas repetição do que? Quando falamos em Aviv da prima primavera estamos falando da repetição das mitzvot e do calendário de entrega das colheitas.

Quando chegamos ao Rosh HaShanah propriamente dito, estamos inclusive trocando o nome dessa festa no TANACH. Seu nome original, era Yom Teruah, dia to brado, ou dia do sonido. Que é entendido pelos nossos chachamim, sábios de abençoada memória, como sendo o dia do toque do shofar. No TANACH o toque do shofar é associado muito a momentos de julgamento ou momentos de alegria. Espere  aí…. Não é incoerente? Dia de julgamento ou alegria?

Nossos sábios chegam a conclusão que toda a terra é julgada neste momento, segundo as passagens do TANACH. Os justos do povo são julgados para o bem é para a alegria, e os povos para a justiça e sofrimento de seus atos.

Sendo assim é repetição do que agora?   Repetição de nossa vida. Um recomeço, um reinício para todos os homens. Não reiniciamos nosso serviço ao Sagrado, como em aviv, agora iniciamos nossas vidas, nossos pecados nosso julgamento. Eu e você precisamos fazer um restart.

Nossos sábios entendem esse dia como o dia do nascimento de Adam harishon, o primeiro Adão. E sendo assim toda a humanidade é julgada, como preparação para o Yom kipur.

Você já se preparou para o Rosh hashanah? Está pronto para o toque o shofar, o temível toque da trombeta?

Para tal, segue uma das halachot do que fazer neste dia.

Após o encerramento do Maariv da primeira noite de Rosh HaShaná, é costume desejarem uns aos outros:

Leshaná tová tikatêv vetechatêm!

“Que sejas escrito e selado para um ano bom”

Para uma mulher é dito:

Leshaná tová tikatêvi vetechatêmi!

“Que sejas escrito e selado para um ano bom”

Yaakov Benlev Ben Avraham

Anúncios
 
1 comentário

Publicado por em setembro 22, 2014 em Sem Categoria

 

Uma resposta para “

  1. Hilda Lingeri

    setembro 23, 2014 at 12:12 am

    obrigado, eu sou Hilda Lingeri Carneiro, nacida en Uruguay año 1946 en el DEPARTAMENTO, DE MONTEVIDEO, mi mamá, Leonor Carneiro Albo, nacida en Uruguay, departamento de RIVERA, en 1915 fda. hija de Manuel Carneiro, y de Aurora Albo, siendo sus abuelos, Mauricio Carneiro, brasileño, y de María Chaparro, paraguaya. y de José Albo, español, y de Concepción Da Silva, uruguaya. No tenía idea de que una rama de la familia Carneiro, tuviera origen Sefaradi.

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: