RSS

A Teshuvah no mês de Elul, Rosh Rashanah e Yom Kipur – A midah que Adam não fez teshuvah

10 set

Teshuvah no mundo

Adam errou nas primeiras horas de vida. HaKadosh Baruchu dá uma chance para Adam HaRishon e se ele falhasse ele sofreria as conseqüência de seu erro.

Adam então coloca a culpa do pecado em Havah (Eva). Rashi diz que Adam foi ingrato. E esse foi o motivo pelo qual Adam não conseguiu fazer teshuvah. Por conta da ingratidão o mundo está como está, pois somente o erro de Adam poderia ser reparado através da teshuvah.

O Rav Binyamin faz uma pergunta: Mas porque ele seria ingrato (Segundo Rashi), se ele só falou a verdade? Não foi a verdade que ele falou? Ele somente foi castigado  por ter falado a verdade?

Segundo o Rav Binyamim o Adam não foi criado junto de Havah, ele olhou os outros pares e criou a necessidade de ter uma esposa. Apesar de estarem juntos, segundo a marloket, HaShem criou em outro corpo por necessidade de Adam HaRisnon.

Todos nós necessitamos do instinto de HaKarat HaTov

 (הכרת הטוב – gratidão), o  Kafui Tovah (כפוי טובה), a ingratidão é algo muito ruim.

HaKarat HaTov (Gratidão) é tão importante que Moshé Rabenu tinha 10 nomes, mas mesmo assim ele foi conhecido como Moshé, pois este é o nome que Batyah deu a ele. Mas batiah não era a filha de Paró (Faraó)? Pois é, mas ela foi a responsável e a executora da salvação que o Sagrado e bendito seja Ele deu à Moshé rabenu.

Um dos nomes de Moshé Rabenu era shmayah, o Sagrado o escutou. Ele era chamado de Moshé Rabenu, simplesmente por Hakarat HaTov. Talvez uma das midot mais importantes que o homem precisa para ser vista em um Baal Teshuvah ou um Ger Tzedek é Hakarat Hatov (Gratidão). Moshé tinha nomes mais bonitos, e mais honrosos, mas se isso fosse as custas da ingratidão ele poderia ser chamado de “Das Aguas”.

Moshé por mais que ele tenha sido Rei em Midiam ele ao chegar ao poço para se encontrar com tziporá que seria sua esposa, ele deixou ser conhecido como um egipsio. Porque ? Hacarat Hatov (gratidão).

Ribit devarim é uma proibição de dar “muito obrigado” quando alguém te der dinheiro. você dá dinheiro de volta e o muito obrigado ou sem juros quando dá bênçãos com o dinheiro. (Isso segundo alguns posquim). Isso segundo empréstimo.

Rav Rucha Mimir emprestava dinheiro para bachurim para voltar para casa para que possam voltar para a Yeshivah depois das férias.

Rav Shaub era um desses jovens que devolviam dinheiro sem juros. Ao devolver ele agradece. Rav Rucha pergunta “Você me devolve o dnheiro, mas não pode me render juros verbal, não me agradeça. No ano seguinte o Rav não disse obrigado. Rav Rucha dá uma bronca. Rav shuab não entendeu. tenho que agradecer ou não agradecer? Rav Rucha disse que não pode agradecer empréstimo, mas ingratidão é um ISSUR, ao menos um gesto de gratidão a pessoa tem que ter. Isso segundo Rav Rucha MiMir.

Antes de escolher um aluno, antes de saber se alguém pode ou não entrar na família e etc, saiba até onde a pessoa por ir por você. Elisha HaNavi iria com Eliahu HaNavih até o limite da vida por seu rav. Os Discipulos de David HaMelech arriscaram a vida por um copo de água para David HaMelech, Yehoshua HaNavi não se apartava da tenda. As midot de HaKarat haTov (Gratidão) e Uman (fidelidade) vão aos limites da vida. David HaMelach depois da morte de Shaul HaMelech e Natan ele quis honrar o Mefibosset seu descendente coxo. Até onde vai a midah de videlidade e de HaKarat HaTov.

Caso você não encontre pessoas assim para investir, não vale a pena investir seu tempo, seu sangue e esforço. Tenha muitos alunos, mas gaste sua alma com os fieis, que irão com você até os limites. Cuidado ao deixar uma comunidade próxima de um infiel. Seja fiel e grato ao Sagrado e aos que fizeram você chegar até onde você chegou.

Para conseguirmos neste mês de Elul, em Rosh Hashanah, ou em Yom kipur chegarmos a teshuvah precisamos trabalhar a midah de gratidão, sem ela, não só não chegaremos à plenutude do que podemos ser, mas também contaminaremos a outros. Para um descendente do povo Sagrado, falta de gratidão é mais do que um pecado, é um crime espiritual.

Agradeço por nos brindar estas belas palavras ao Rav Binyamim que tem aberto as portas para os que desejam a Torah.

Que tenhamos um ano bom e doce e sejamos selados no livro da vida!

Att.,

Yaakov

Anúncios
 
Deixe um comentário

Publicado por em setembro 10, 2014 em Sem Categoria

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: