RSS

holocausto, massacre no Suriname e inquisição.

06 abr

A comunicação a seguir é algo que vem acontecendo freqüentemente. Não vamos discutir aqui se as idéias a seguir são corretas ou incorretas, coerentes ou incoerentes, a questão não é discutir opiniões, mas discorrer e dar subsídios a fatos que estão ocorrendo em nossa comunidade e ocorrendo cada vez com mais freqüência. Por termos recebido esse e-mail de modo tardio, creio que não gere muitas discussões por agora e nem é esse o foco. O foco, é claro é falar sobre tolerância que é um dos pontos principais das “lei de moshé”, bem mais que isso, é o Legado que o Eterno deixou para um povo de sua propriedade exclusiva.

Shemot (Êxodo) 22 O estrangeiro não afligirás, nem o oprimirás ; pois estrangeiros fostes na terra do Egito(terra dos limites).

Vayikrah (Levíticos) 24 – Uma mesma lei tereis [no sendito de palavra para legislação e igualdade]; assim será para o estrangeiro como para o natural; pois eu sou o HaShem Elohim [no sentido de ser poderoso].


Deopis desta introdução seguem tanto o e-mail que recebemos, quanto o que feio no corpo de e-mail. Essa postagem serve apenas para ressaltar que ainda existem pessoas que fazem diferença entre pessoa e pessoa, nossa intenção é esclarecer e derrubar algumas barreiras negativas para mostrar que há positividade no respeito e no amor ao próximo. Ouvimos muito falar que o Brasil é um país sem preconceitos e isso não é uma verdade absoluta. Temos em grupos familiares sofrido de preconceito e discriminação, principalmente pelas classes que no passado mais sofrerem com o racismo. Será que esses grupos de defesa étnica e cultural não aprenderam nada com as diferenças? Precisamos abrir os olhos e ver que o Brasil está cheio de índios sem raiz, deslocados de sua raiz indígena. Existem persas não sabendo qual é a sua raiz, existem negros que desconhecem suas raízes, existem árabes que se perderam de sua raiz, e brancos que simplesmente ignoram sua identidade. Um povo precisa se conhecer para poder evoluir e é isso que estamos tentando fazer, nos conhecer.

O melhor a fazer nesses casos é ler as opiniões sobre o assunto e refletir. Faça você também o mesmo.

=====================================================================

Relato de “X” sobre o holocausto – e-mail recebido em 2010.

Existem muitos outros “pequenos holocaustos” acontecendo como no caso do Suriname que vários Brasileiros (nordestinos) foram mortos por Etnias locais por supremacia de idéias racistas e disputas pessoais. E muitas pessoas morreram e outras feridas por causa de uma briga e um grupo se acreditava superior ao outro, ao ponto de não querer “ficar por baixo”.

Estou encaminhando o e-mail por que acredito que seja uma boa reflexão.

De: “Y”
Enviada em: quinta-feira, 28 de janeiro de 2010 00:29
Para: “X”
Assunto: der ewige jude

Ontem um amigo meu me enviou um e-mail indignado por que disse que eu não estava apoiando o protesto da data do dia 27/01 lembrando o holocausto em Auschwitz dos Judeus Azkenazim (Alemães). Segundo ele os Judeus Sefaradim orientais (ladinos, Turcos, americanos e ibéricos) deveriam apoiar os Azkenazim (Alemães). Bem, comentei com ele que a história era diferente e que cada um tem seu cunho histórico cultural e os Azkenazim nem sempre se dão tão bem com os Sefaradim e que o Holocausto nazista foi terrível, mas ninguém lembra do nosso holocausto sofrido na Santa inquisição que foi tão grande quanto e talvez tão cruel quanto. Mesmo assim concordei com ele e de fato independente da cultura, Etnia, credo ou raça devemos lembrar das atrocidades com tristeza para que elas não se repitam. Talvez se as pessoas lembrassem da “Santa Inquisição” com o horror que lhe é devido, talvez o holocausto não tivesse ocorrido. Por isso dou meu apoio para qualquer etnia que queira lembrar sua história.

Velho judeu sefarad

Velho judeu sefarád

Não vou enviar imagens de pessoas mortas ou torturadas, pois isso é horrível, já basta o horror que é lembrar que foram feitas coisas terríveis com pessoas. Mesmo assim creio que imagens marcam a história e nos fazem lembrar melhor algo que nos foi contato. Escolhi somente as ilustrações publicadas nos jornais Nazistas para mostrar a raiva e o ódio contra os SEMITAS, pois cria-se que a divindade cristã deveria ser ariana e não semita e os Nazistas mataram os que não eram miscigenados com os Alemães na Europa e foi assim que hoje não se vê mais judeus europeus com características SEMITICAS (de maneira geral as características árabes).

Ilustração preconceituosa de um judeu idealisando os conceitos racistas do nazismo

Ilustração preconceituosa de um judeu idealisando os conceitos racistas do nazismo

Segue então as ilustrações das chacotas dos Nazistas. Pode deixar que não vou mandar imagens de mortos e com sangue.

Que haja sempre respeito e seriedade quanto a crenças, religiões, etnias e solidariedade. A indignação de meu amigo me despertou que coisas assim podem estar perto de acontecer se não protestarmos contra. Precisamos ser solidários a dor de outros. Deixei meu egoísmo e optei pela solidariedade. Façamos o mesmo.

judeu

judeu

judeus x nazismo

judeus x nazismo

o motivo deu estar maandando esse e-mail é que devemos pensar, será que estamos no Brasil iniciando uma barreira cultural e dando os primeiros passos para um nazismo religioso, cultural e etc. Muitos falam sobre portugal e Africa ao falar sobre cultira brasileira, mas pouco se fala sobre os Árabes, Indios, Persas, Holandeses, Franceses, Judeus Azkenazim ou sefará, desmerecemos os nordestinos e mudamos as origens de sua cultura. Precisamos abrir espaço e dizer aos nossos filhos você veio do papai e da mamãe, papai é persa, fomos um grande povo no passado, ou mamãe é de familia indigena e cuidamos dessa terra antes da chegada dos colonos de portugal. Precisamos entender de onde vieram os Brasileiros.

Anúncios
 

Tags: , , , , , , , , , , ,

Uma resposta para “holocausto, massacre no Suriname e inquisição.

  1. BenLev

    abril 8, 2013 at 12:50 pm

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: